Case Study - Casa da Arquitectura

Case Study de Sistemas Audiovisuais para a Casa da Arquitectura

Casa da Arquitectura - Edifício Real Vinícola

A Casa da Arquitectura – Centro Português de Arquitectura situa-se em Matosinhos, num quarteirão cuja construção era uma antiga instalação fabril edificada de 1897 a 1901, para a Real Companhia Vinícola. Ligava-se por ramal ferroviário ao Porto de Leixões e lá surgiu a primeira tanoaria a vapor da região. Dispõe de um pátio central para usos colectivos. A sua preservação deveu-se ao elevado valor patrimonial e cultural. Integra o Plano de Urbanização de Matosinhos Sul, da autoria de Álvaro Siza.

Assim, no Quarteirão da Real Vinícola a Casa da Arquitectura tem as condições físicas e técnicas necessárias à execução da missão a que se propõe. Pode assim estabelecer uma rede alargada de arquivos de arquitectura, fomentando o intercâmbio de experiências, colecções, métodos de trabalho e técnicos especializados. Pode assim exibir ao público o trabalho desenvolvido pela rede, uma vez que a maioria dos arquivos actualmente em funcionamento em Portugal não dispõem de área expositiva própria.

A Luz e Som Electrónica Lda. ficou, após minuciosa selecção de fornecedores, responsável por todos os sistemas audiovisuais desta obra referencial.

Case Study Casa da Arquitectura

 

Auditório

No auditório foram instaladas diversas valências devido à necessidade de grande polivalência em termos de utilização e de funcionalidades.

Encontramos um sistema de gestão de conferências e um sistema de tradução simultânea, ambos da Bosch. Este permite enviar para os mais de 100 utilizadores, através de outros tantos auscultadores sem fios, caracterizados pelo seu conforto e baixo peso, conteúdos perfeitamente inteligíveis e sem perdas de sinal a partir da cabine de tradução.

Existe ainda um sistema de videoconferência Polycom, que permite assim a participação de intervenientes não presentes fisicamente.

Em termos de sistema de imagem para o auditório, a grande dimensão da tela - 5,5 m de largura - levou a seleccionar um projector a laser Sony VPL-FHZ700L, com 7,000 lumens e equipado com uma lente própria; características que permitem uma duração muito superior em relação à lâmpada convencional, menos aquecimento logo maior fiabilidade e maior rapidez ao ligar e desligar. Este sistema permite o formato 16:9 e a tela Screenint, embutida em tecto, é tensionada o que majora ainda mais a qualidade da superfície de projecção.

Todos estes sistemas são facilmente controláveis com o processador de gestão Crestron AV3. O interface, programado e personalizado de forma a ser de fácil utilização, está disponível em tablet.

Foram ainda instalados vários projectores de iluminação profissional, tanto tradicionais como fresnel, controláveis por DMX.

Tela de Projecção de 5m

 

Área de Exposições

Nesta área a vertente multimédia é importantíssima, visto estar previsto que grande parte das exposições recorram à projecção de imagem. Com 18 pontos de projecção a obrigarem a uma curtíssima distância de projecção, a Luz e Som recorreu ao Optoma EH320UST: fiabilidade da marca, projecção a 1080p e 4.000 Ansi Lumens foram algumas das características consideradas para esta escolha. Todos os projectores funcionam com players de áudio e vídeo independentes.

Para gestão de todo o sistema de projecção, optou-se pela matriz digital de áudio e vídeo Crestron DM-MD32X32, com múltiplas placas de expansão. Esta matriz é escalável – caso o sistema seja expandido – funciona com 4K e gere com rapidez até 32 fontes de sinal para até 32 dispositivos.

Para o sistema de som ambiente, as colunas de instalação saliente Sonance Mariner 51, adequadas a exterior e que por isso permitem uma grande durabilidade e resistência a diferenças de temperatura, foram as escolhidas. Para cada projector existe uma coluna. O processador de áudio profissional Cloud DCM1 faz a distribuição dos sinais a partir da matriz Crestron. As colunas são amplificadas pelo Cloud CXA850. De referir que a robustez e altíssima fiabilidade destes equipamentos foi um dos factores principais de selecção.

A interface de gestão desta área fica a cargo do painel de controle táctil Crestron TSW-760, através do processador de controlo Crestron CP3.

Espaço Polivalente e Atelier de Maquetes

Nesta área, sonorizada por várias Sonance Mariner 51, a amplificação ficou a cargo da Sonance, com o amplificador digital de dois canais Sonance 2/100. O processador áudio profissional Yamaha MTX3 faz a gestão do sistema.

Existem ainda 3 projectores Optoma EH416 instalados, com uma tela Lumene partilhada conforme a configuração da sala.

A interface de gestão desta área também está suportada pelo painel de controle táctil Crestron TSW-760, também através do processador de controlo Crestron CP3.

Zonas Comuns

Em termos de som ambiente nos espaços comuns, foram distribuídas 15 colunas ApartAudio, com amplificador e misturador da mesma marca, bem como respectivo microfone de chamada. Esta marca permite obter desempenho bastante razoável, suficiente para as zonas de circulação, e tem uma boa relação qualidade – preço.

Sala de Reuniões da Direcção

Na sala de reuniões da direcção, e dada a grande experiência da Luz e Som em salas de reuniões, chegou-se à conclusão que teria que ser utilizado outro projector de curto alcance (ultra short throw), neste caso um Optoma EH320 UST. Este equipamento caracteriza-se por permitir ficar a uma distância muito reduzida da tela, o que pode ocorrer devido a restrições físicas do espaço, mas também concorre como vantagem dado que evitar que as pessoas passem em frente ao feixo de luz do projector, criando assim sombras indesejadas. Este projector funciona em conjunto com uma tela Lumene Embassy de 200x115.

Sistemas de Videowall

Nos pisos 0 e 1, bem como na Loja, encontramos três diferentes equipamentos de videowall. Este tipo de sistema é utilizado quando se pretende ter uma área de imagem grande e com excelente qualidade de imagem em funcionamento quase continuado. No caso dos Pisos 0 e 1 a opção foram os ecrãs profissionais NEC Led 55, conhecidos pela sua fiabilidade, a compor dois videowall, um 2x2 e outro 3x1. Na Loja, foi instalado outro videowall com NEC de 46'', 2x2.

Os videowall são controlados com switches CYP e processadores de gestão Crestron CP3. A interface de utilizador está disponível em tablet.

Case Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da ArquitecturaCase Study Casa da Arquitectura

Pedir Orçamento

Quer saber mais? Peça já um orçamento para o seu projecto: